Apremavi participa de curso sobre Sistemas Agroflorestais – SAFs

out 11, 2018 | Notícias

De 02 a 05 de outubro de 2018 parte da equipe da Apremavi participou do curso sobre composição e manejo de sistemas agroflorestais (SAFs), com ênfase em manejo integrado de pragas.

Realizado em Curitiba (PR), o curso foi promovido pela Embrapa Florestas e teve por objetivo selecionar espécies, elaborar e planejar as atividades de manejo de sistemas agroflorestais sustentáveis para geração de renda nas propriedades rurais.

Apremavi participa de curso sobre Sistemas Agroflorestais – SAFs. Foto: Marcos Alexandre Danieli.

O sistema agroflorestal é uma forma de usar a terra na qual se combinam espécies de árvores com cultivos agrícolas de várias espécies. É um método alternativo às monoculturas agrícolas, na busca por sistemas que integrem produção, geração de renda e conservação ambiental.

A Apremavi esteve representada no evento pelos técnicos que atuam no Programa Matas Legais, Wéliton de Oliveira Machado e Pedro A. Ferreira e no Programa Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis, Marcos Alexandre Danieli e Marcos José dos Santos.

Com mais este curso, a Apremavi investe na qualificação da sua equipe de profissionais, ação que contribui no desenvolvimento dos projetos, uma vez que os SAFs são uma importante estratégia para as propriedades rurais aliarem conservação da biodiversidade com produção rural sustentável.

O Programa Matas Legais

É uma parceria da Apremavi e com a Klabin com o objetivo de desenvolver ações de Conservação, Educação Ambiental e Fomento Florestal, que ajudem a preservar e recuperar os remanescentes florestais nativos, a melhorar a qualidade de vida da população e a aprimorar o desenvolvimento florestal, tendo como base o planejamento de propriedades e paisagens.

O Programa Matas Sociais

É uma iniciativa da Klabin, em parceria com a Apremavi, TNC e Sebrae. O objetivo principal é o fortalecimento econômico, ambiental e social de pequenas e médias propriedades rurais dos municípios envolvidos. O programa auxilia o produtor na adequação ambiental, legal e paisagística da propriedade, no planejamento e diversificação da produção, fortalecendo iniciativas de associação e cooperativismo, e facilitando o acesso às novas oportunidades de mercado e de desenvolvimento regional.

Autor: Marcos Alexandre Danieli.

Pin It on Pinterest

Share This