Matas Sociais

1.

Apoio ao planejamento e adequação das propriedades à legislação ambiental

2.

Apoio ao agricultor para a melhoria na produção e diversificação produtiva local

3.

Recuperação de áreas degradadas, conservação de remanescentes florestais e doação de mudas

4.

Atividades de Educação Ambiental e capacitação de produtores rurais

O Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis tem o objetivo de contribuir para o fortalecimento econômico, ambiental e social das pequenas e médias propriedades rurais dos municípios da região de Ortigueira, Telêmaco Borba e Imbaú no Paraná.

A diversificação da produção agropecuária e o respeito ao meio ambiente são os principais pilares da sustentabilidade de uma propriedade.

O planejamento rural deve levar em consideração a legislação ambiental vigente e as características ecológicas da área.

Medidas como a recuperação de áreas de preservação permanente e reserva legal, conservação de remanescentes florestais, planejamento na instalação das atividades produtivas, diversificação da produção agropecuária permitem conciliar beleza e qualidade de vida com produtividade e rentabilidade.

Por isso o Matas Sociais auxilia agricultores familiares na realização do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Plano de Recuperação Ambiental (PRA). Também contribui no planejamento sustentável e na diversificação do uso da propriedade. Incentiva assim a agricultura familiar, a permanência no campo, o desenvolvimento da cadeia de produção e consumo na região e o empreendedorismo.

Conta com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da organização internacional The Nature Conservancy (TNC), da Klabin e da Apremavi.

O projeto que antes atuava exclusivamente no Paraná, hoje também tem uma frente de atuação em Santa Catarina.

517

propriedades atendidas

211.925

árvores
plantadas e/ou
doadas

129,94

hectares restaurados 

Acompanhe as notícias do projeto

Programa Matas Sociais ajuda a restaurar mais 8 hectares em Sapopema (PR)

Programa Matas Sociais ajuda a restaurar mais 8 hectares em Sapopema (PR)

Ao todo, 11.286 mudas nativas da Mata Atlântica serão doadas pela Apremavi, através do Programa Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis, para a restauração, plantio de agrofloresta, paisagismo e enriquecimento de uma propriedade do município de Sapopema, no Paraná.

Matas Sociais realiza reuniões estratégicas para ampliar área de atuação

Matas Sociais realiza reuniões estratégicas para ampliar área de atuação

Nos dias 02 e 03 de março a equipe da Apremavi se reuniu virtualmente com representantes dos municípios de Otacílio Costa e Correia Pinto, localizados na Serra Catarinense, para apresentação do Matas Sociais, um programa de fortalecimento da agricultura familiar realizado no âmbito da parceria com a Klabin, a Apremavi, a Epagri e as prefeituras municipais.

Retrospectiva Apremavi: um olhar sobre 2020

Retrospectiva Apremavi: um olhar sobre 2020

Fazendo uma retrospectiva de 2020 a Apremavi entende que boca no trombone e mão na massa é muito mais do que o lema que acompanha a nossa instituição desde a sua fundação. Ele é um chamado de resistência. Que venha 2021 porque nós seguiremos resistindo e lutando pelas florestas, pela biodiversidade e pelo futuro comum de todas as espécies.

Pin It on Pinterest