Um ano de energia solar na Apremavi

Em março de 2021 a Apremavi celebrou um ano de solarização. A sede, que já contava com placas solares para aquecimento de água, instalou no ano passado, 80 painéis fotovoltaicos para produção de energia. Nesse intervalo de tempo os gastos com a conta de luz já tiveram uma queda de 95%.

Aroeira-vermelha, uma pimenta aromática do Brasil

Aroeira-vermelha, uma pimenta aromática do Brasil

A Aroeira-vermelha, também conhecida como pimenta-rosa, é uma árvore nativa do Brasil. De médio porte, rápido crescimento e alto valor econômico é muito indicada para plantios de restauração e arborização urbana.

Março de 2021, um mês pra lá de simbólico

Março de 2021, um mês pra lá de simbólico

Março de 2021, com tantos dias internacionais de luta, como o Dia Internacional da Mulher, Dia Internacional das Florestas e Dia Mundial da Água, não pode ser encarado apenas como um mês simbólico. Deve servir de fato para ressaltar a importância dessas pautas na busca da transformação da sociedade.

Apremavi lança Relatório de Atividades de 2020

Apremavi lança Relatório de Atividades de 2020

Relatório de Atividade de 2020 apresenta os desafios de 2020 e também as ações e atividades realizadas pela Apremavi na consolidação da agenda da restauração, no enfrentamento à crise climática, na manutenção das políticas ambientais, no fortalecimento das redes e coletivos socioambientais, na busca pela sustentabilidade em todas as esferas e na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS.

Sem água não existe vida, precisamos valorizar esse bem precioso

Sem água não existe vida, precisamos valorizar esse bem precioso

O Dia Mundial da Água foi criado em 1992 pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, para estimular ações e campanhas de conscientização sobre a necessidade da conservação, valorização e uso racional dos recursos hídricos, um dos preceitos dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Programa Matas Sociais ajuda a restaurar mais 8 hectares em Sapopema (PR)

Programa Matas Sociais ajuda a restaurar mais 8 hectares em Sapopema (PR)

Ao todo, 11.286 mudas nativas da Mata Atlântica serão doadas pela Apremavi, através do Programa Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis, para a restauração, plantio de agrofloresta, paisagismo e enriquecimento de uma propriedade do município de Sapopema, no Paraná.

Matas Sociais realiza reuniões estratégicas para ampliar área de atuação

Matas Sociais realiza reuniões estratégicas para ampliar área de atuação

Nos dias 02 e 03 de março a equipe da Apremavi se reuniu virtualmente com representantes dos municípios de Otacílio Costa e Correia Pinto, localizados na Serra Catarinense, para apresentação do Matas Sociais, um programa de fortalecimento da agricultura familiar realizado no âmbito da parceria com a Klabin, a Apremavi, a Epagri e as prefeituras municipais.

Na Década da Restauração a sugestão é presentear com mudas nativas

Na Década da Restauração a sugestão é presentear com mudas nativas

O que parecia ser um pedido comum de mudas no Viveiro Jardim das Florestas, acabou se mostrando um exemplo de amor à natureza e de ação para a Década da Restauração. As mudas de uvaia, cortiça-lisa e jabuticaba, que seguiram para a entrega na cidade de Rio do Sul (SC), escondiam uma surpresa.

Retrospectiva Apremavi: um olhar sobre 2020

Retrospectiva Apremavi: um olhar sobre 2020

Fazendo uma retrospectiva de 2020 a Apremavi entende que boca no trombone e mão na massa é muito mais do que o lema que acompanha a nossa instituição desde a sua fundação. Ele é um chamado de resistência. Que venha 2021 porque nós seguiremos resistindo e lutando pelas florestas, pela biodiversidade e pelo futuro comum de todas as espécies.

Mortandade de macacos em Atalanta preocupa ambientalistas

Mortandade de macacos em Atalanta preocupa ambientalistas

Até o dia 15 de dezembro foram encontrados 9 macacos mortos em 4 áreas diferentes, em duas localidades no município de Atalanta (SC). O fato tem preocupado muito os ambientalistas, que acreditam se tratar de um surto de Febre Amarela (FA), uma vez que já está comprovado que o vírus está circulando no Alto Vale do Itajaí, conforme atestado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (DIVE).

Matas Sociais chega à Santa Catarina

Matas Sociais chega à Santa Catarina

Matas Sociais – Planejando Propriedades Sustentáveis, que fortalece a agricultura familiar, desde a produção até a comercialização é expandido para Santa Catarina. Para marcar a chegada do programa ao estado, Apremavi e Klabin realizaram no dia 09 de novembro um seminário em Otacílio Costa (SC), com o tema “Coalizão de apoio à agricultura familiar na Serra Catarinense”.

Pin It on Pinterest