Matas Legais

O Programa Matas Legais é uma parceria da Apremavi e com a empresa Klabin com o objetivo de desenvolver ações de Conservação, Educação Ambiental e Fomento Florestal, que ajudem a preservar e recuperar os remanescentes florestais nativos, a melhorar a qualidade de vida da população e a aprimorar o desenvolvimento florestal, tendo como base o planejamento de propriedades e paisagens.

A palavra “legal” procura traduzir dois sentidos: o de cumprimento da legislação ambiental e o de expressão de um lugar agradável, bonito e bom de se viver.

Por meio do programa, cuja parceria foi assinada em abril de 2005, estão sendo difundidas e implantadas ações de desenvolvimento sustentável como recuperação de áreas de preservação permanente e reservas legais; silvicultura com árvores nativas e exóticas; sistemas agroflorestais; enriquecimento de florestas secundárias; agricultura orgânica; ecoturismo e conservação do patrimônio natural.

É uma parceria inédita entre uma ONG ambientalista e uma empresa do setor de papel e celulose e que com toda certeza trará muitos frutos positivos para a questão da preservação ambiental no país.

A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis do Brasil. Foi a primeira empresa do setor de papel e celulose das Américas a ter suas florestas certificadas pelo FSC (Forest Stewardship Council), confirmando que a empresa desenvolve suas atividades dentro dos mais elevados padrões de conservação ambiental e sustentabilidade socioeconômica.

O que o projeto
prevê:

Apoio ao planejamento e adequação ambiental, legal e paisagística da propriedade
Recuperação de áreas degradadas e conservação de remanescentes florestais
Atividades de educação ambiental
Doação de mudas de árvores nativas

Acompanhe as notícias do projeto

Apremavi participa da 29ª edição do Programa Caiubi

Nos dias 07 e 08 de maio a Apremavi participou da 29ª edição do Programa Caiubi de Educação Ambiental. O programa é promovido pela Klabin em parceria com as Secretarias de Educação dos municípios de Lages, Correia Pinto e Campo Belo do Sul. O objetivo do evento foi...

Matas Legais oportuniza visita técnica a estudantes de economia

No último dia 28 de julho, cerca de 35 alunos do Curso de Especialização em Economia Ambiental: Valoração, Licenciamento, Auditoria, Educação e Perícia, da Universidade Estadual de Londrina (UEL), acompanhados da Professora Dra. Irene Domenes Zapparoli, realizaram uma visita técnica no âmbito do Projeto Matas Legais.

propriedades atendidas

milhões de mudas plantadas

mil hectares restaurados

municípios envolvidos

Atividades desenvolvidas ao longo dos anos

Conheça alguns dos plantios e atividades realizados nesta parceria.

Materiais e publicações do projeto

Matas Legais: Planejando Propriedades e Paisagens

> download

Pin It on Pinterest