Bosques de Heidelberg

Em 1999 a Apremavi iniciou uma importante parceria com a ONG alemã Bund für Umwelt und Naturschutz Deutschland – BUND. A BUND é uma organização sediada em Heidelberg, sul da Alemanha, que trabalha desde 1976 pela proteção e conservação ambiental desenvolvendo projetos com foco especial na educação e conscientização de jovens e adultos.

O intercâmbio entre as instituições tem como principal atividade a restauração da Mata Atlântica e a realização de ações de educação ambiental. O primeiro Bosque de Heidelberg foi implantado na Escola Municipal de Ensino Fundamental Ribeirão Matilde, em 1999, logo após a parceira ter sido acordada. O projeto ficou conhecido como Heidelberger Wäldchen in Atalanta (Bosques de Heidelberg em Atalanta). Com o passar dos anos, e com a parceria gerando cada vez mais resultados, o projeto passou a ser chamado de Bosques de Heidelberg no Brasil. Já foram plantadas mais de 110 mil árvores de espécies nativas da Mata Atlântica, formando mais de 90 bosques, em 17 cidades.

Grande parte dos recursos arrecadados para possibilitar o plantio desses bosques no Brasil vem de esforços de alunos das escolas municipais de Heidelberg, através da venda de cucas e panquecas, produtos de Natal, entre outros. A concentração da captação acontece no período de Natal, quando os alunos são estimulados a substituir os tradicionais presentes de natal pela “compra” de mudas de árvores para restaurar a Mata Atlântica e dar de presente o certificado desse plantio.

Além disso, desde 2008, representantes da Apremavi realizam em Heidelberg uma semana de palestras com alunos. A ação faz parte do projeto Der Regenwald kommt in die Klassenzimmer (A Mata Atlântica vai às salas de aula), que acontece em parceria com a BUND, a cidade de Heidelberg e a Apremavi. Dentro da parceria, a Apremavi também já recebeu várias visitas e estagiários de Heidelberg, que tiveram a oportunidade de ajudar nas atividades de produção e plantio de mudas aqui em Santa Catarina.

O que o projeto
prevê:

Recuperação de áreas degradadas
Recuperação de matas ciliares
Atividades de Educação Ambiental
Plantio de árvores nativas

Bosques plantados

Abaixo você pode visualizar a evolução de alguns dos bosques plantados no âmbito do projeto

A Apremavi em Heidelberg

A cada 2 anos uma equipe da Apremavi é convidada pelo BUND a visitar a cidade de Heidelberg e realizar uma semana de palestras em todas as escolas que fazem parte do programa.

As palestras são ministradas em alemão, para estudantes de 09 a 17 anos (Ensino Fundamental e Médio), envolvendo a cada ano cerca de 600 alunos.

Com duração de 1 hora e 30 minutos, a palestra aborda principalmente temas como a Mata Atlântica no Brasil, suas riquezas e belezas naturais e também os problemas e ameaças que afetam a sua biodiversidade. Um dos pontos altos dos encontros, é a apresentação de um filme sobre os Biomas Brasileiros, elaborado pela Apremavi especialmente para este intercâmbio além da distribuição de materiais de Educação Ambiental.

Acompanhe as notícias do projeto

Bosques de Heidelberg uma história de parcerias

Bosques de Heidelberg uma história de parcerias

Este vídeo conta a história do Bosque de Heidelberg plantado na Escola Municipal de Ensino Fundamental do Ribeirão Matilde, em Atlanta (SC). O bosque está completando 20 anos e é um dos locais favoritos do alunos, onde eles realizam atividades de lazer e também atividades curriculares.

Cartilha ecológica é lançada durante Festival Literário em Atalanta

Cartilha ecológica é lançada durante Festival Literário em Atalanta

Cartilha ecológica de colorir “Desenhando o Bosque da Escola: 20 anos de amor pela Natureza” é lançada durante I Festival Literário da rede municipal de ensino de Atalanta (SC). A cartilha é uma iniciativa da Escola Municipal de Ensino Fundamental Ribeirão Matilde com apoio da Apremavi e do BUND.

Pin It on Pinterest