Propriedade Joanilson Alves

A  propriedade Joanilson Alves foi restaurada pela Apremavi no âmbito do Projeto Araucária no ano de 2015.

Dados da Propriedade

Área total da propriedade em hectares: 114 ha
Localidade: Barro Preto
Município: Abelardo Luz
Região: Oeste
Reserva legal Averbada: Sim (22,8 ha)
Cadastro Ambiental Rural: Não
Localizada em zona de amortecimento ou interior de UC: Sim. Estação Ecológica da Mata Preta
Inserida em Corredor Ecológico: Sim. Corredor Ecológico Chapecó e Corredor das Araucárias

Croqui da área

Dados do Projeto

Área 1

Categoria: Recuperação de áreas degradadas
Tipo: entorno de nascente, riacho/sanga d’água
Metodologia: plantio de espécies nativas e enriquecimento ecológico
Área em hectares: 8,5927 ha
Espaçamento entre linhas e plantas: 4 x 1,5
Número de mudas: 1450

Área 2

Categoria: Recuperação de áreas degradadas
Tipo: entorno de nascente, riacho/sanga d’água
Metodologia: plantio de espécies nativas e enriquecimento ecológico
Área em hectares: 1,8093 ha
Espaçamento entre linhas e plantas: 4 x 4
Número de mudas: 200

Área 3

Categoria: Conversão de florestas e áreas naturais
Tipo: entorno de nascente, riacho/sanga d’água
Metodologia: Regeneração natural
Área em hectares: 1,3873 ha
Espaçamento entre linhas e plantas: plantio na borda
Número de mudas: 0
Data da entrega de arame: 20/08/2014
Data da entrega das mudas: 19/05/2015
Data do plantio: 13/08/2015

Espécies Utilizadas

Araçá-amarelo, araçá-vermelho, angico, baga-de-sabiá, bracatinga, cereja, canjerana, cabriúna, canela-garuva, capororoca-branca, caroba, cedro, canafístula, cortiça, coqueiro-jerivá, guabiroba, goiaba-da-serra, ingá-feijão, ingá-anão, ingá-de-quina, ipê-roxo, ipê-da-serra, ipê-do-brejo, jabuticaba, louro-pardo, louro-cravo, pitanga, pau-andrade, pessegueiro-bravo, tarumã.

Atividades e Monitoramento

(Fotos: Equipe Apremavi)