Confira os ganhadores do Prêmio Imbuia

13 jul, 2007 | Notícias, Prêmio Imbuia, Prêmios

Árvores grandes e exuberantes sempre exerceram um grande fascínio sobre os seres humanos. Seja de deslumbramento e respeito ou então de cobiça pelo valor de sua madeira. Algumas delas até viraram símbolos, como é o caso do Pau Brasil, que emprestou o nome ao nosso país ou o caso da imbuia, que virou árvore símbolo do Estado de Santa Catarina.

O Pau Brasil foi a primeira árvore a ser explorada intensamente, desde que os portugueses chegaram a nossa terra. A exploração foi tão avassaladora que hoje ele figura na lista das espécies ameaçadas de extinção e praticamente não é mais encontrado nas matas nativas. Estima-se que cerca de 70 milhões de exemplares tenham sido enviados para a Europa.

Com a árvore símbolo de Santa Catarina, a história não foi diferente. A Imbuia, considerada uma árvore de madeira nobre, foi explorada também quase até o seu final e também consta da lista das espécies ameaçadas de extinção. Foi considerada a árvore símbolo de Santa Catarina por ser uma espécie que ocorria em todas as formações florestais do estado, ou seja, de norte a sul e de leste a oeste de Santa Catarina havia imbuias. Infelizmente esta não é mais a realidade e poder observar uma imbuia no meio da mata é um fato raro.

Para resgatar um pouco dessa dívida da sociedade para com a natureza, a Apremavi produz e planta mudas dessas árvores símbolo, com o objetivo de que pelo menos existam alguns espécimes a mais em nossas matas e que se possa contribuir com a sobrevivência das mesmas.

Também é por esse motivo que a Apremavi instituiu o Prêmio Imbuia e está homenageando pessoas e instituições que tem se destacado no trabalho em defesa da natureza.

Na comemoração dos 20 anos da Apremavi, vamos juntos homenagear pessoas e árvores que fazem a diferença.

O prêmio foi confeccionado pelo renomado artista plástico e ambientalista Guido Heuer. Seu formato representa o planeta Terra, com destaque para as sementes de imbuia e a cor verde, que representam vida.

Ganhadores do Prêmio Imbuia – Apremavi 20 anos

Prêmio Especial

1 – Marina Silva
Por sua atuação como Ministra de Meio Ambiente, em especial pelo empenho e apoio na aprovação da Lei da Mata Atlântica e na criação das Unidades de Conservação na Floresta com Araucárias.

Por tudo o que tem feito em prol do meio ambiente

2 – João Paulo Ribeiro Capobianco
Por todo seu histórico de lutas em prol dos Biomas brasileiros, em especial a Mata Atlântica, tanto na sua atuação em ONGs, quanto no governo federal.
3 – Wigold Bertoldo Schäffer
Por toda uma vida dedicada à causa ambiental. Por seu amor incondicional à Mata Atlântica e outros Biomas. Pelo apoio dado à Apremavi, à FEEC e à Rede de ONGs da Mata Atlântica.

Pelo trabalho em prol da criação de Unidades de Conservação

4 – Rubens Scheller
Pela criação do Parque Natural Municipal da Mata Atlântica, em Atalanta (SC), uma Unidade de Conservação extremamente importante para o Alto Vale do Itajaí.
5 – João de Deus Medeiros
Por seu incansável, eficiente e paciente trabalho em prol da criação de Unidades de Conservação no estado de Santa Catarina.

Pelo apoio à criação da Apremavi e seu incentivo, em especial nos seus primeiros anos de atuação

6 – Lúcia Sevegnani
Pelo estímulo e apoio à criação da Apremavi e também o trabalho realizado em outras ONGs como a Acaprena.
7 – Humberto Mafra
Pelo fundamental apoio dado nos primeiro anos de existência da Apremavi e por seu trabalho na aprovação da Lei do Terceiro Setor.

Pelo trabalho em prol da causa ambiental

Christian Guy Caubet
Por seu trabalho realizado na Fundação Água Viva, em especial pela realização do Tribunal da Água.
9 – Analucia Hartmann
Por sua atuação no Ministério Público Federal, em especial o combate aos desmatamentos e à exploração de espécies da Mata Atlântica ameaçadas de extinção.
10 – Nara Guichon Ferrari
Por seu trabalho empreendedor de aliar no artesanato a tecelagem com materiais orgânicos e reciclados e o apoio a comunidades tradicionais.
11 – Orlando Pereira
Por seu brilhante trabalho de jornalismo realizado em vários veículos de comunicação, do Vale do Itajaí e Santa Catarina.
12 – Otto Hassler
Por seu empreendedorismo, aliando de forma concreta o turismo de aventura com a conservação da natureza e a capacitação das comunidades locais.

Pela dedicação na implantação de projetos ambientais

13 – Ajovacar – Associação José Valentim Cardoso
Por sua luta em prol da conservação da Área de Relevante Interesse Ecológico da Serra da Abelha e da qualidade de vida da população local.
14 – Mário Latauczeski
Pelo trabalho exemplar realizado em sua propriedade rural, no município de Santa Terezinha (SC) e o apoio dado às ações da Apremavi.
15 – Fridolino Pedro Westerhoff
Pelo trabalho exemplar realizado em sua propriedade rural, no município de Atalanta (SC) e o apoio dado às ações da Apremavi.

Empresas de bem com o meio ambiente

16 – Metalúrgica Riosulense S.A.
Pelo trabalho realizado, aliando suas atividades industriais a importantes ações de proteção ao meio ambiente, demonstrando uma forte consciência ambiental. Essas ações são resultados de uma administração justa e responsável.
17 – Malwee Malhas Ltda.
Por ser uma empresa altamente consciente e fazer a diferença para o meio ambiente. Pelo seu sistema de gestão ambiental sólido e pela preocupação com todos os aspectos e impactos ambientais da empresa.
18 – Supermercado Archer
Pelo amor e respeito ao Meio Ambiente, seus clientes e consumidores e pela campanha anual de distribuição de mudas de árvores nativas. Em 10 anos de campanha já foram distribuídas mais de 150.000 mudas.
19 – Klabin
Por desenvolver suas atividades florestais e industriais com base no conceito de Desenvolvimento Sustentável, com o objetivo de garantir a biodiversidade e o equilíbrio dos ecossistemas das regiões onde atua.

Instituição de ensino com destaque para o desenvolvimento de projetos de educação ambiental

20 – CIMA – Conselho Institucional do Meio Ambiente – Colégio Dom Bosco
Pelo projeto “Adote uma Semente” e suas ações nos bairros de Serra Canoas e Albertina, envolvendo a comunidade educatival, famílias do entorno, poder público e comunidade em geral.

Homenagem Especial ao Dr. Paulo Nogueira-Neto

Como reconhecimento do seu trabalho em prol da criação de Unidades de Conservação no Brasil, em especial as Áreas de Relevante Interesse Ecológico, como é o caso da ARIE da Serra da Abelha, no município de Vitor Meireles (SC).