Restaura Alto Vale dedica semana a construção e fortalecimento de parcerias

fev 27, 2019 | Notícias, Projetos da Apremavi, Restaura Alto Vale

A Apremavi acredita que uma das formas de garantir o sucesso de um projeto é através da construção e do fortalecimento de parcerias, por conta disso, nos dias 19 e 20 de fevereiro a equipe do projeto Restaura Alto Vale esteve no Centro de Motivação Ecológica e Alternativas Rurais (CEMEAR) e na Secretaria de Agricultura e Departamento de Meio Ambiente (SADEMA) de Presidente Getúlio, e, se reuniu com o Prefeito Municipal de Rio do Campo e com a agente de Assistência Técnica e Extensão Rural do município. As reuniões tiveram como objetivo a apresentação do projeto Restaura Alto Vale no intuito de unir esforços com projetos já existentes nesses municípios e na região e assim num esforço único tornar as práticas agrícolas mais sustentáveis e incentivar a conservação e recuperação de recursos hídricos.

No dia 21 de fevereiro os parceiros do Restaura Alto Vale se reuniram no Centro Ambiental Jardim das Florestas, em Atalanta, para acompanhar a reunião anual do projeto. Durante o encontro foram apresentados os resultados alcançados com o projeto no ano de 2018, além disso, a equipe conversou sobre eventuais mudanças nos rumos das atividades, estratégias para fortalecimento das parcerias já consolidadas e desenhou o planejamento dos trabalhos para 2019. Ao final do dia os participantes tiveram a oportunidade de conhecer as instalações e obras de ampliação do Viveiro Jardim das Florestas.

Já no dia 22 de fevereiro, a coordenadora do Restaura Alto Vale, Edilaine Dick, apresentou o projeto, seus objetivos e resultados alcançados até o momento durante a Assembleia Geral da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (AMAVI), em Rio do Sul. “O apoio das prefeituras no cadastramento dos agricultores junto ao Cadastro Ambiental Rural (CAR) e seu engajamento em projetos como o Restaura Alto Vale são de extrema importância para garantir não só o sucesso do projeto, mas também a conservação e recuperação do meio ambiente“, ressaltou Edilaine para os prefeitos presentes no evento.

Antes de encerrar a semana a equipe do projeto ainda conseguiu um tempinho para testar o novo protocolo de monitoramento que está sendo elaborado pela Apremavi para melhor acompanhamento de seus projetos. O teste em questão foi efetuado em propriedades atendidas pela instituição localizadas nos municípios de Dona Emma e Trombudo Central. Em breve traremos mas informações sobre o protocolo, aguardem!

Autoras: Edilaine Dick e Carolina Schäffer.